terça-feira, 28 de março de 2017

Carta de Lutero a Jerônimo Baumgartner [1524]

Ao jovem Jerônimo Baumgartner, de Nürnberg, piedosíssimo e erudíssimo, mui querido em Cristo.[1]

Graça e paz no Senhor.

Também me vejo carecendo de acudí-lo, meu Jerônimo, no socorro da multidão dos pobres. Este jovem chamado Gregório Keser solicita a manutenção num lugar qualquer, e me pediu que lhe recomende alguma pessoa de Nürnberg. Poucas esperanças lhe dei, pois sei que todos estão ocupados; não obstante, lhe enviei em nome de Deus “que alimenta até aos corvos”.[2]

Além do mais, se quiser ficar com tua Kathe Bora, se antecipe antes de que seja entregue a outro que anda interessado nela.[3] Ela continua preferindo a você. Da minha parte, gostaria que casassem.
Adeus.

Wittenberg, 12 de Outubro de 1524.


NOTAS:
[1] WA Br 3, pp. 357-358. Sobre este primeiro pretendente de Catarina von Bora, e na certeza da indicação, conferir E. Kroker, Katharina von Bora, Martin Luther Frau (Berlin, 1959), p. 56ss
[2] Lc 12:24.
[3] Este terceiro na concorrência por Catarina, ao parecer muito cobiçada, foi Gaspar Glatius, pregador de Orlamünde (Conferir. H. Boehmer, em Luther Jahrbuch 7 [1925], p. 58ss).

Extraído de Teófanes Egido, org., Lutero – Obras (Salamanca, Ediciones Síguime, 4ª ed., 2006), pp. 398-399.

Tradução em 26 de Março de 2017.
Rev. Ewerton B. Tokashiki

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro leitor, a sua opinião sobre este post é muito importante. Para boa ordem, os comentários são moderados e somente são publicados os que forem assinados e não forem ofensivos, lembrando que discordar não é ofensa. Por isso, sigo alguns critérios:
(1) Reservo-me no direito de não publicar comentários de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada, por favor, identifique-se. (2) Se quiser discordar faça-o com educação, e sem usar palavras imorais ou, ofensivas! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, não aceitarei que você ensine heresia em seu comentário, e não contribuirei para que ela seja divulgada neste espaço.

Carta de Martinho Lutero a Johannes Staupitz [9 Fevereiro de 1521]

Ao reverendo e ótimo Johannes Staupitz, mestre na sagrada teologia, agostiniano ermitão, do seu progênito no Senhor. Saúde. Admira-me que ...