quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Carta de João Calvino para Francis Daniel [1533]

CARTA 8 - COMUNICAÇÕES DIVERSAS - UM NOVO TRABALHO DESENVOLVIDO.

PARIS, 1533.

Eu te envio estas coletâneas dos últimos trabalhos, sob esta condição, que, de acordo com o melhor de sua fé e dever, elas circulem entre os amigos, a quem você também saudará respeitosamente por mim, exceto Framberg, a quem resolvi domar com meu silêncio, percebendo que não fui capaz de persuadi-lo com brandura, nem conseguir nada dele por admoestação.

Além disso, o pior de tudo, quando seu irmão veio para cá, ele nem sequer enviou uma única saudação através dele. Eu gostaria que você tomasse conta da demanda legal do Michael, se de alguma maneira ela possa ser executada; mas existe a necessidade do despacho. Por quem, se você fizer tudo que estiver ao seu alcance, te agradecerei como se você tivesse feito este favor a mim mesmo. Você fará o ofício de intérprete para as irmãs, para que você não desfrute sozinho de suas piadas. Eu te envio outro epítome da nossa Academia, ao qual eu resolvi adicionar como um apêndice o que teria sido terminado daqueles Comentários antigos, se o tempo tivesse permitido.
Adeus, meu irmão e amigo mais fiel, seu irmão,

Calvino.

Em nem preciso dizer que estes são tempos difíceis; eles falam por si.
Cuidado para não comunicar o epítome de forma descuidada.


NOTA:
[1] Numa cópia desta carta aparece o destinatário como sendo “Ao Monsieur meu irmão e bom amigo, Advogado em Orleans.” Veja in: Letters 1528-1545 - Selected Works of John Calvin, vol. 4, p. 475.


[Autógrafo Original Latim. - Biblioteca de Berna. Volume 141, página 43.]
Extraído de Letters 1528-1545 - Selected Works of John Calvin (Albany, Ages Software, 1998), vol. 4, p. 41.

Tradutor: Rev. Antônio dos Passos Pereira Amaral, ministro presbiteriano, pastor efetivo na Igreja Presbiteriana de Lagoa Santa; professor de teologia e hermenêutica na Escola Bíblica Central do Brasil/Lagoa Santa-MG; Bacharel em Teologia e Missiologia pela Escola Superior de Teologia e Estudos Transculturais/Montes Claros-MG (2003), Bacharel em Teologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie/São Paulo-SP (2013), cursando Mestrado (MDiv) em Teologia Histórica pelo Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper/SP.

Revisado por Rev. Ewerton B. Tokashiki
Pastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Porto Velho
Professor de Teologia Sistemática no SPBC-RO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro leitor, a sua opinião sobre este post é muito importante. Para boa ordem, os comentários são moderados e somente são publicados os que forem assinados e não forem ofensivos, lembrando que discordar não é ofensa. Por isso, sigo alguns critérios:
(1) Reservo-me no direito de não publicar comentários de "anônimos". Quer criticar e ter a sua opinião publicada, por favor, identifique-se. (2) Se quiser discordar faça-o com educação, e sem usar palavras imorais ou, ofensivas! (3) Ofereça o seu ponto de vista, contudo, não aceitarei que você ensine heresia em seu comentário, e não contribuirei para que ela seja divulgada neste espaço.

Carta de Martinho Lutero a Johannes Staupitz [9 Fevereiro de 1521]

Ao reverendo e ótimo Johannes Staupitz, mestre na sagrada teologia, agostiniano ermitão, do seu progênito no Senhor. Saúde. Admira-me que ...